África Subsaariana

Gabão: Partido Ecológico pede levantamento de imunidade dos deputados citados no caso de Kevazingogate

Após a demissão de 13 altos funcionários e a demissão do Vice-Presidente da República, Pierre Claver Maganga Moussavou, e do Ministro das Florestas, Guy Bertrand Mapangou, por iniciativa do Executivo, em maio, o Partido Ecológico do Gabão, solicitou publicamente “o levantamento da imunidade parlamentar dos deputados suspeitos e citados por François Wu, no escândalo do kevazingo, madeira preciosa e totalmente protegida”.

O levantamento da imunidade é necessário porque as pessoas mencionadas são em sua maioria os representantes eleitos pelo povo, sentado no parlamento ou no governo, observou o presidente do PEG, Marcel Mounguengui.

“Pedimos ao Tribunal Superior de Justiça para criar um comité de investigação para ouvir o ex-vice-presidente da República por violação do juramento e, especialmente, para esclarecer o seu envolvimento no caso kevazingo”, disse M Mounguengui.

Esta exigência está em consonância com o choque provocado pelo escândalo político e financeiro do Kevazingogate, numa altura em que as autoridades gabonesas estão decididas a enfrentar o flagelo da corrupção que, durante muito tempo, gangrenou o país.

 

© e-Global Notícias em Português
Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo