Crise | Guiné-Bissau

Guiné-Bissau: “Cidadãos Conscientes e Inconformados” vão impor Cipriano Cassama como Presidente da República

Cipriano Cassama

O Movimento de Cidadãos Conscientes e Inconformados (MCCI) anuncia que a 24 de Junho vai investir o Presidente do Parlamento, Cipriano Cassama, ao cargo do Chefe de Estado. Um dia depois do fim do mandato de José Mário Vaz.

Para o movimento cívico, o actual Presidente da República deixará de ter legitimidade a partir de 23 de Junho, devendo as suas funções ser assumidas interinamente pelo Presidente do Parlamento, de acordo com o Artigo 71° da Constituição da República, no ponto N°2, explicou Sana Cante.

Em consequência, o MCCI projecta para o 24 de Junho uma manifestação de rua, que deverá culminar, segundo ainda o presidente da organização, com a nomeação de um novo primeiro-ministro, pelo Presidente do Parlamento, Cipriano Cassama, porquanto Mário Vaz “perderá esta faculdade constitucional”, e consequente formação de um Governo, resultante de eleições legislativas de 10 de Março.

Sobre as sessões de auscultação dos partidos políticos com assento para parlamentar, marcadas para esta sexta-feira, pelo Presidente, José Mário Vaz, o Movimento de Cidadãos Conscientes e Inconformados, considera que “é uma estratégia de ganhar tempo e não se deve criar falsas expectativas”.

O MCCI é um movimento cívico que emergiu durante actual crise política, tendo realizado várias manifestações em Bissau sobre a situação política, assim como relativamente aos diversos problemas sociais.

© e-Global Notícias em Português
1 Comentário

1 Comentário

  1. Juliano Junior

    14/06/2019 at 1:50

    Movimento dos cães

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo